A estrela principal na sessão solene nesta terça-feira, dia 19, foi o juiz titular da 3ª Vara da Comarca de Ferraz de Vasconcelos, Dr. João Walter Cotrim Machado, agora o mais novo cidadão local, porém, o autor do projeto de decreto legislativo vereador Antônio Carlos Alves Correia (Republicanos), o Tonho, também foi bastante elogiado pela iniciativa de homenagear o magistrado com a maior honraria da cidade. Por isso, ele aproveita para comemorar e agradecer a aprovação unânime do texto pelos colegas.

Segundo ele, o Dr. João Walter é um profissional dedicado e, portanto, desde 2012 vem prestando relevantes serviços à sociedade ferrazense em geral. Além disso, Tonho enalteceu ainda o comportamento humanitário do magistrado no cotidiano, já que o julgador não se limita a ficar apenas no seu gabinete no Fórum no bairro do Tanquinho, ou seja, ele costuma inclusive visitar moradores simples da periferia para somente depois emitir a sua sentença. Enfim, o juiz não aplica somente a letra fria da lei.

“Na realidade, o Dr. João Walter conhece a dura realidade da nossa comunidade e, neste caso, procura atender a todos com a máxima competência e gentileza. Aliás, esse tipo de postura não é comum no meio do exercício da magistratura quando, na maioria das vezes, o juiz é um ser inacessível ao cidadão de um modo geral, sobretudo, aos mais humildes”, comentou Tonho. Além dele, os vereadores Eliel de Souza (PL), o Eliel Fox e David Francisco dos Santos Júnior (PSD), o David Júnior destacaram a atuação do juiz.

O papel do magistrado também recebeu elogios do presidente da Câmara Municipal, vereador Flávio Batista de Souza (Podemos), o Inha, da prefeita, Priscila Gambale (PSD) e do deputado estadual, Rodrigo Gambale (PSL). O ilustre homenageado, por sua vez, agradeceu os parlamentares e, principalmente, a Tonho pela concessão da principal comenda local. Para ele, foi uma data importante que marca a sua trajetória profissional sempre com um senso de praticar a verdadeira justiça no dia a dia.

Por Pedro Ferreira