O governo federal iniciou o pagamento do Auxílio Brasil nesta quarta-feira (17), o programa substitui o Bolsa Família.

De acordo com o Ministério da Cidadania, neste primeiro mês, mais de 14,5 milhões de famílias serão contempladas, recebendo no total, mais de R$ 3,25 bilhões. O valor médio para cada família neste mês será de R$ 224,41.

Com diversas dúvidas sobre o novo programa social, pessoas formaram filas desde cedo em agências da Caixa Econômica Federal (CEF) e postos do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de todo o país.

Quem receberá o Auxílio Brasil?

Neste mês de novembro, O auxílio será pago a quem já fazia parte do Bolsa Família, menos aqueles que, no mês de outubro, deixaram de atender as regras do antigo benefício.

Aqueles que não recebiam o Bolsa Família, mas que estão inscritos no Cadastro Único e atendem aos requisitos do programa, poderão ser incluídos nos próximos meses, porém, não há garantias ou prazos para isso. O Ministério da Cidadania promete acrescentar 2,4 milhões de pessoas ao programa em dezembro.

Caso a pessoa ainda não esteja cadastrada no CadÚnico, deve se inscrever para ser considerada para o programa.

Como será o calendário de pagamentos?

O pagamento do Auxílio Brasil seguirá a mesma forma de cronograma do Bolsa Família, sendo pago de acordo com o dígito final do NIS dos beneficiários.

Como saber se receberei o auxílio?

Para saber se você receberá o auxílio, consulte através do:

  • Aplicativo do Auxílio Brasil
  • Telefone da Caixa

Para consultar pelo aplicativo, você deve:

  • Baixar o aplicativo em seu Android ou Iphone;
  • Clicar em “consultar”;
  • Fazer o acesso utilizando a senha usada no aplicativo do Bolsa Família, ou a senha do Caixa TEM, ou fazer um novo cadastro;
  • Consultar o benefício.

Para consultar pelo telefone, siga os seguintes passos:

  • Ligue para 0800 426 02 07;
  • Digite a opção 3 (Auxílio Brasil e demais programas);
  • Digite a opção 4 (para saber se você foi incluído);
  • Digite o número do CPF ou do NIS.

Por onde receberei?

  • Poupança Social Digital (Caixa TEM);
  • Conta Corrente de Depósito à vista;
  • Conta Especial de Depósito à vista;
  • Conta Contábil (plataforma social do programa), usada apenas se o beneficiário não tiver nenhuma das anteriores.

E para realizar o saque?

Até que o novo cartão seja emitido, os beneficiários poderão sacar o Auxílio Brasil usando o cartão do Bolsa Família, da mesma forma que faziam anteriormente.