Para começar a dar o primeiro pontapé, de fato, para priorizar o atendimento às pessoas com deficiência, a Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos está sendo instigada a criar uma secretaria municipal ou uma diretoria em benefício do segmento. A sugestão para a possível criação de um órgão exclusivo para cuidar de assuntos relacionados ao setor foi elaborada pelo vereador Eliel de Souza (PL), o Eliel Fox.

A reivindicação poderá ser lida nas próximas sessões ordinárias da Casa e depois encaminhada para estudos no setor competente da municipalidade. De acordo com o texto, a implantação da secretaria municipal ou de um departamento específico para tratar da pessoa com deficiência em Ferraz de Vasconcelos visa melhorar a qualidade de vida e, ao mesmo tempo, oferecer mais dignidade e assegurar direitos ao segmento. Com a medida, será viável firmar parceria com o governo federal e trazer recursos para a área.

Para Eliel Fox, infelizmente, na atualidade, a cidade não dispõe de um serviço deste tipo para proporcionar o atendimento de pessoas com deficiência e muito menos um canal público para ofertar algum suporte aos munícipes nestas condições. Além disso, o vereador destaca ainda que com base no último censo demográfico em 2010, Ferraz possuía em torno de 14 mil pessoas com deficiência, mas esse número já aumentou.

Já lei federal nº 13.146, de 06 de julho de 2015, que criou o chamado Estatuto da Pessoa com Deficiência estabelece um ser humano nesta circunstância da vida como aquela que tem impedimento de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, o qual, em interação com uma ou mais barreiras pode obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas.

Apoio                 

O tema já foi inclusive conversado com a prefeita, Priscila Gambale (PSD), no Palácio da Uva Itália, na sexta-feira, dia 03. Na reunião, a gestora demonstrou interesse em desenvolver medidas para contemplar pessoas com deficiência na cidade, ou seja, sinalizou positivamente a criação de um órgão local sobre o assunto. Os vereadores Luiz Tenório de Melo (PL) e Derneval Jardim (PL), o Deí também participaram do encontro.

Por Pedro Ferreira