Suzano foi destaque no Simpósio de Saúde (SISAC) promovido nesta terça-feira (14/12) pelo Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), com foco na valorização da Saúde pública municipal. A prefeitura apresentou cinco projetos articulados durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e compartilhou a experiência com as demais cidades da região. Os trabalhos inscritos foram exaltados pelo secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn.

O evento ocorreu em Guararema e contou com as presenças do prefeito Rodrigo Ashiuchi, que também é presidente do Condemat, e do secretário municipal de Saúde, Pedro Ishi. Na ocasião, a comitiva de Saúde apresentou trabalhos exitosos no enfrentamento à pandemia em Suzano, contemplando diferentes áreas da pasta, como Vigilância em Saúde, Assistência Farmacêutica, Rede de Urgência e Emergência, Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) e Rede de Atenção às Pessoas em Situação de Violência Doméstica e/ou Sexual (RAPSVDS).

Ao todo, o simpósio regional contou com 36 trabalhos inscritos, dos quais cinco foram de autoria das equipes suzanenses, que apresentaram as seguintes ações: o projeto “Monitoramento do Cuidado”, voltado à identificação e ao acompanhamento multidisciplinar de vítimas da violência na rede de atenção básica; o plano de vacinação contra a Covid-19, com foco na descentralização do atendimento em polos estratégicos no município; a experiência com o sistema de telemedicina; as novas estratégias em Saúde Mental, especialmente dirigidas às demandas potencializadas pela pandemia; e a gestão de recursos diante dos desafios da Covid-19, sendo este trabalho premiado na ocasião.

O projeto assinado pelo coordenador de Assistência Farmacêutica da Prefeitura de Suzano, Rodrigo Hilário Moreira, aborda a manutenção de estoque de insumos mediante a escassez global de equipamentos de proteção individual (EPIs) dos profissionais. O trabalho ainda pontua os eventuais impactos na linha medicamentosa e as estratégias adotadas a fim de garantir a segurança e a qualidade da assistência para pacientes e trabalhadores da Saúde. “Diante disso, a motivação pelo projeto foi além do abastecimento, mas ressalta a capacitação e o monitoramento das equipes assistenciais para o uso correto desses equipamentos e medicamentos”, disse.

De acordo com o chefe da pasta, Pedro Ishi, o município teve uma participação muito positiva no simpósio, se destacando em quantidade e qualidade. “Suzano foi uma das poucas cidades a inscrever mais de um trabalho, totalizando cinco ações de destaque que foram desempenhadas com maestria durante este período de pandemia. Temos equipes muito engajadas e comprometidas com a Saúde pública, contando com profissionais capacitados e dedicados a esta missão, a quem agradeço imensamente toda a parceria de trabalho”, explicou.

Por sua vez, o prefeito Rodrigo Ashiuchi pontuou a importância do evento para a união dos municípios, sobretudo diante dos desafios impostos pela pandemia. “Passamos por um período muito delicado nos últimos meses, o que fez com que pudéssemos nos aproximar das demais secretarias de Saúde e compartilhar impressões sobre este momento. O resultado agora é essa troca de experiências que com certeza vem para contribuir para uma Saúde pública de qualidade, reforçando os conceitos de equidade e universalidade do serviço prestado. Estou muito orgulhoso da participação suzanense, demonstrando toda a potência e a responsabilidade das nossas equipes de Saúde em um espaço plural e relevante para o corpo técnico da área”, disse ele, destacando a presença do secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn.

O evento contou com a participação das diretoras suzanenses Tânia Mara Porfirio (Técnica e Jurídica), Cíntia Steffens Watanabe (Rede de Urgência e Emergência), Flávia Verdugo (Atenção à Saúde) e Maria Cristina Perin (Vigilância em Saúde), além dos coordenadores Dulcineia Ramos (Rede de Atenção Psicossocial), Magna Damasceno (Rede de Atenção às Pessoas em Situação de Violência Doméstica e/ou Sexual) e Sandra Cardoso (Gestão da Educação e do Conhecimento em Saúde).

Além de prefeitos da região e deputados, ainda estiveram presentes o membro do Comitê Científico de São Paulo, Carlos de Carvalho; o superintendente do Núcleo Estadual do Ministério da Saúde, José Carlos Paludeto; o presidente do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo (Consems/SP), Geraldo Reple; e a representante da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, Vânia Tardelli.