A professora da UMC e nutricionista, Audrey Coqueiro, passou algumas dicas nutricionais para você não exagerar no fim de ano

Exagerar nas festas de Natal e Ano Novo é algo comum. São tantos encontros e comemoração que as pessoas até perdem a contas e quando vemos, aquele cardápio saudável que seguimos ao longo do ano, vai por água abaixo nesse mês.

Especialistas alertam sobre a importância de manter uma alimentação saudável e não exagerar para se sentir “culpado” depois. A professora da UMC Audrey Coqueiro, do curso de Nutrição fala que essa época do ano gera muitas dúvidas. “Muitas pessoas se perguntam, mas o que fazer para não exagerar? O que fazer se exagerar? E sobre a ingestão de bebidas alcoólicas? Tem alguém que precisa ter mais cautela com a ‘comilança’?”, exemplifica os principais questionamentos.

Para responder a essas dúvidas e te ajudar a se controlar, a especialista da UMC trouxe diversas dicas.

Não vá em jejum ou com muita fome para festas e confraternizações

Se você estiver com muita fome em meio a tantas comidas gostosas, vai acabar comendo demais. A sugestão é que você faça uma refeição leve antes destes eventos e só coma o que estiver com vontade, sem exageros.

Pense antes de comer

É comum encher o prato sem nem ao menos refletir se você tem ou não vontade de comer o que está colocando no prato. Tente não fazer isso. Veja as opções e reflita sobre o que você realmente quer comer. Outro hábito comum é comer rápido, o ideal é que você mastigue devagar, se deliciando e se atentando a cada mordida. Você vai perceber que não há necessidade de comer muito quando você realmente saboreia os alimentos.

Evite o hábito de “beliscar”. Quando você “belisca”, você não tem noção do quanto comeu e acaba comendo demais.

Nós somos muito visuais. Perceba que você tende a comer muito mais brigadeiros de festa do que brigadeiro de panela. Isso porque no brigadeiro de panela você está vendo o quanto está comendo e isso, por si só, já ajuda a evitar exageros.

Comece com a salada

Eu te sugiro comer um belo prato de salada antes de consumir outros alimentos da ceia. A ideia é que você já comece a ficar saciado, evitando exageros.

Tenha cautela com o excesso de opções

O ideal é que você escolha apenas uma opção e consuma uma porção mais generosa ou pegue bem pouquinho de tudo para não passar vontade.

Tenha cuidado com o excesso de calorias presentes em bebidas, sejam elas alcoólicas ou não.

Se estiver com sede, beba água, evite refrigerante e bebidas alcoólicas. Tente não ultrapassar 1 ou 2 copos de outras bebidas que não água, água de coco ou suco natural de frutas.

Não ceda à pressão! Se já estiver saciado, não coma mais

Não é porque é final do ano que você tem que se empanturrar!

A professora ainda ressalta, se você tiver comido demais, não precisa se desesperar, só retome a sua rotina alimentar e pronto, como se nada tivesse acontecido. “Um alerta especial vai para as pessoas com problemas no trato gastrointestinal, como por exemplo gastrite, ou dificuldade de digestão, que é o caso de muitos idosos. Nos dois casos é bom evitar comer muito antes de dormir. Se possível, adiantem a ceia, ao invés de comer meia-noite, coma mais cedo, para evitar refluxo e desconforto”, ressalta Audrey.