Um passageiro perdeu a vida depois de cair no vão entre o trem e a plataforma na estação Tatuapé da Linha 11-Coral na última segunda-feira, 20 de dezembro de 2021, por volta das 21 horas.

Segundo informações o homem tentou embarcar, mas o trem fechou as portas. Quando a composição começou a sair, não se sabe o motivo, ele se desequilibrou e caiu para frente, batendo no trem em movimento e caindo no vão entre o trem e a plataforma.

Em razão dos graves ferimentos da queda, mesmo com auxílio da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, a vítima faleceu ainda no local.

Em nota, a companhia confirmou o ocorrido e lamentou o acidente, reforçando que realiza campanhas de conscientização dos passageiros da importância de ficar por exemplo, atrás da faixa amarela.

Leia abaixo a nota na íntegra: 

“Às 20h58 desta segunda-feira (20/12) um homem que tentava embarcar na plataforma 01, da estação Tatuapé da Linha 11-Coral, sentido Estudantes, após o fechamento das portas e ordem de partida, se desequilibrou e caiu no vão entre o trem e a plataforma, sendo atingido pela composição.

As equipes de segurança da estação acionaram o Corpo de Bombeiros para o resgate da vítima que, infelizmente, faleceu no local.

Uma das vias ficou interditada até 21h22 para o resgate.

A CPTM lamenta o ocorrido e informa que a segurança de todos é uma prioridade da companhia, por isso faz campanhas, usa avisos sonoros e placas informativas para que as pessoas não tentem embarcar ou desembarcar dos trens após o fechamento das portas.”

Um ponto importante a ser debatido e inclusive já é  citado por muitos passageiros, seria a implantação de portas de plataforma nas estações da CPTM também, entretanto diferente do Metrô de São Paulo, existem outras implicações como diferentes frotas de trem com tamanhos diferentes, além do compartilhamento de vias com trens de carga, que resultam inclusive em um vão maior entre o trem e a plataforma.

Uma das medidas que vem sendo tomadas pela companhia, é instalar os chamados “borrachões” em estações de maior movimento, para justamente diminuir essa distancia.

Imagem registrada após os trabalhos dos Bombeiros. Foto: Créditos ao autor

Fonte: Diário Dos Trilhos