O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse, nesta segunda-feira (3), que as vacinas contra Covid-19 para crianças entre 5 e 11 anos chegarão ao Brasil na segunda quinzena de janeiro.

O anúncio ocorreu após uma solenidade em Brasília, que tratava sobre o envio de 23 médicos para ajudar vítimas das enchentes na Bahia.

“Na segunda quinzena de janeiro, as vacinas começam a chegar e serão distribuídas”, disse o ministro da Saúde.

Queiroga afirmou que a vacinação infantil “está bem definida, de maneira clara e transparente” e que a pasta tem uma “ampla discussão com a sociedade acerca do tema [vacinação], que é fundamental”.

Marcelo Queiroga disse também que a pasta fará uma consulta pública, seguida de uma audiência pública, para que especialistas “das diversas correntes” possam decidir sobre a imunização e informar a sociedade sobre o assunto. Queiroga disse que o objetivo é dar aos pais a possibilidade de tomarem a melhor decisão para os seus filhos.

“Nós estamos com os pais e as mães para apoiá-los na hora de tomada de decisões em relação a essa questão das vacinas”, comentou.

A proposta da consulta pública para vacinação de crianças foi contestada no Supremo Tribunal Federal (STF). A ministra Cármem Lúcia, na última sexta-feira (31), deu um prazo de cinco dias para que o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Saúde prestem informações após ação da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos.

A confederação quer que o STF determina à União que a vacinação de crianças de 5 a 11 anos seja obrigatória, e que a faixa etária seja incluída com urgência no Plano Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde.

Pfizer também confirma chegada das vacinas

Em nota, a Pfizer confirmou nesta segunda-feira (03) a previsão de chegada das vacinas contra Covid-19 para crianças ainda em janeiro.

“A Pfizer está atuando junto ao governo para definir as etapas do fornecimento das vacinas contra a Covid-19 para imunização da faixa etária de 5 a 11 anos, com estimativa de entregas a partir de janeiro de 2022”, diz a nota.