Há 100 anos, o Theatro Municipal de São Paulo recebia o evento cultural que marcou o modernismo brasileiro. Mas como seria se a Semana de Arte Moderna acontecesse em 2022? Alunos de Arquitetura e Urbanismo da UMC pretendem responder essa pergunta através de uma exposição interativa.

Na mostra, que acontece entre os dias 24 e 31 de maio, mais de 60 painéis ajudam a contar a história do movimento modernista. Será possível observar releituras de importantes obras brasileiras, além de ouvir as músicas que marcaram época. Para tornar a experiência ainda mais imersiva, a exposição conta com projetores que exibem imagens do Theatro Municipal de São Paulo.

Para a professora Bianca Lupo, organizadora da exposição, o objetivo do evento é enaltecer o legado da Semana de Arte Moderna de 22. “Queremos que os visitantes reflitam sobre a importância da mostra original para a construção do campo cultural brasileiro. Nossa exposição abraça a arquitetura, artes plásticas, literatura e música”, conta a professora.

A aluna Juliana Alves, que faz parte do Escritório Modelo de Arquitetura da UMC, conta que os alunos participaram do processo de curadoria e elaboração dos conteúdos. “O projeto nos ensina sobre a abrangência de atuação do profissional da arquitetura. Além das áreas mais conhecidas, também podemos trabalhar no desenvolvimento de eventos”, explica a aluna.

A exposição é aberta a alunos, professores e colaboradores da UMC. A exposição acontece no Prédio 3, em frente ao Teatro Manoel Bezerra de Melo. Se você quiser contribuir com a amostra envie seu material artístico para o e-mail escritoriomodeloumcarq@hotmailcom