O União Brasil oficializou nesta sexta-feira (5), em convenção realizada em São Paulo, a candidatura da advogada Soraya Thronicke à Presidência da República. A senadora pelo Mato Grosso do Sul disputará no lugar de Luciano Bivar, que é presidente do partido e desistiu da disputa.

“O meu trabalho é e sempre será para quem mais precisa de apoio. A minha missão será a de unir o Brasil e eu farei isso com muito amor, com muita facilidade, com muita alegria e muita glória”, disse Thronicke.

Soraya falou sobre a polarização gerada por Jair Bolsonaro (PL) e Lula (PT) que divide grande parte do país.

“A briga política não resolveu nada até agora para nós brasileiros, e essa briga não vai nos levar a nada”, disse a candidata.

Soraya Thronicke, Luciano Bivar (à direita) e Marcos Cintra (à esquerda) – Foto: Divulgação

Em seu discurso, Soraya agradeceu a Deus, à família e a à imprensa livre. “Em 2018, votamos para tirar o que estava errado. Agora, em 2022, votaremos para tirar o que também não deu certo”, disse. “Essas pessoas com radicalismos fizeram o país andar para trás”, complementou Thronicke.

Soraya tem 49 anos, nasceu em Dourados, no Mato Grosso do Sul. Formada em direito, a candidata foi descrita pelo partido como “liberal na economia e defensora da família”. Thronicke também é presidente do União Brasil Mulher.

Bivar, que será candidato ao Senado por Pernambuco, afirma que o partido vai participar para vencer.

“Não vamos participar por participar, vamos participar para vencer porque temos todas as condições e projetos por ser o maior partido do nosso país”, disse.

Ao anunciar a candidatura de Soraya, Bivar elogiou as qualificações da candidata.

“Não é por ser mulher, é por ser qualificadíssima, por ser competente, por defender os interesses democráticos do País”, disse.

Também estiveram na convenção o ex-juiz e candidato ao Senado pelo Paraná Sergio Moro, a esposa de Moro, Rosângela Moro, o vereador por São Paulo Milton Leite, o ex-secretário de Saúde de São Paulo Edson Aparecido, e o ex-governador do Rio Grande do Norte Agripino Maia.

Rodrigo Garcia (PSDB), atual governador de São Paulo, também esteve na convenção. O vice de Garcia, Geninho Zuliani é membro do União Brasil.

O vice de Soraya Thronicke será o economista Marcos Cintra. Ele estava nos Estados Unidos e voltou de última hora para a convenção do partido.

“Vim para essa missão, uma missão espinhosa. Cheguei em Miami de manhã, o Bivar me ligou fazendo o convite e às oito da noite peguei um voo de volta. E aqui estou”, afirmou Cintra.