No último dia 18 foi celebrado o Dia de Conscientização sobre o Retinoblasfoma em Ferraz de Vasconcelos. Trata-se de um câncer que se inicia na parte de trás do olho e que acomete, em sua grande maior, crianças. A doença é rara e requer atenção dos pais em observar alguns sinais no olhar dos filhos. Em caso de suspeita é necessário procurar ajuda médica.

Segundo o Ministério da Saúde, é o tumor ocular mais comum em crianças, representando cerca de 3% dos cânceres infantis, chegando a uma média de 400 casos por ano.

O médico oftalmologista, Paulo Setoguchi, explica que os pais e responsáveis precisam ficar atentos aos principais sinais, como o “olho de gato”, em que a pupila pode apresentar uma área branca e opaca no contato com o reflexo da luz, sendo facilmente visível em fotos tiradas com flash. A alteração na posição dos olhos é outro alerta, como o desvio ocular (estrabismo) ou tremor nos olhos. De acordo com o médico, em todos esses casos a criança deve ser levada ao oftalmologista para uma avaliação.

O retinoblasfoma ganhou notoriedade com a divulgação do diagnóstico da filha dos jornalistas Tiago Leifert e Daiana Garbin, Lua, aos 11 meses de idade. A criança já iniciou o tratamento com quimioterapia e segue com as sessões.

Por Sandra Paulino