Eleitores terão que digitar os números de cinco candidatos na urna eletrônica para o primeiro turno das Eleições 2022: deputado federal, deputado estadual ou distrital, senador, governador e presidente. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recomenda que os eleitores levem uma cola em papel com o número de seus candidatos para a cabine de votação.

Além da recomendação da cola em papel, o TSE reforça que celulares, tablets, câmeras ou quaisquer outros aparelhos estão proibidos dentro da cabine de votação. Caso o eleitor estiver com algum desses equipamentos, deverá deixar com o mesário enquanto vota em seus candidatos.

Cola impressa

Pensando na cola eleitoral, o TSE disponibilizou dois modelos de cola eleitoral para serem impressos, uma versão colorida e outra em preto e branco.

O TSE informa que, para votar, é obrigatória apresentação de documento oficial com foto, como:

  • CNH;
  • Carteira de categoria profissional reconhecida por lei;
  • Carteira de identidade;
  • Carteira de trabalho;
  • Carteira nacional de habilitação;
  • Certificado de reservista;
  • Documento Nacional de Identidade (DNI);
  • e-Título (título de eleitor em meio digital);
  • Passaporte.

Também é recomendável levar o título de eleitor, por conter o número da seção eleitoral, porém, não é obrigatório.