Oito anos após servir na Guarda Civil Municipal (GCM) de Suzano, o cachorro Hunter, da raça pastor-belga malinois, ganhou a tão sonhada aposentadoria. Um dos mais destacados dessa divisão especial, ele chegou à corporação em 2014, vindo do canil Bragança de Souza, localizado em Itaquaquecetuba, e desde então passou a ser treinado como cão de proteção e para detectar entorpecentes.

Um dos agentes que participou deste adestramento foi Fábio Correa, que destacou os anos de serviços ao lado do animal, um de seus principais parceiros. “Hunter é um cão muito obediente e saudável, nos ajudou nas mais diversas ocorrências em que estávamos à frente e contribuiu para que pudéssemos apreender grandes quantidades de drogas ao longo de todo esse tempo”, explicou o guarda. Entre essas ações, Correa destacou uma que ficou marcada entre os integrantes do Canil da GCM. “Em 2019 ele localizou uma bolsa com grande quantidade de entorpecentes e uma pessoa foi detida em um terreno baldio próximo da rua Luiz Afonso, no Jardim Casa Branca. Esta foi uma das ações mais marcantes durante os anos em que o Hunter ficou aqui conosco”, completou.

No entanto, Hunter não é só reconhecido pelas suas ações com a GCM. O animal também acumula diversas premiações em concursos ocorridos no Estado de São Paulo. “Ele participou de atividades de cunho educacional nas escolas da cidade e de vários torneios para cães desse segmento. Um desses campeonatos ocorreu em Tatuí, em 2017, e na ocasião ele ficou em primeiro lugar na abordagem cinotécnica. Logo depois, em Itapevi, ele conquistou o segundo lugar na mesma prova. Já neste ano, ele participou de um torneio envolvendo as GCMs do Brasil, em Itu, e ficou em terceiro lugar na prova de abordagem, mas faturou o primeiro lugar geral junto com outros cães do nosso Canil. Ou seja, o Hunter, além de realizar bem seu trabalho, também nos deixou muitas glórias”, definiu Correa.

A comandante da GCM, Rosemary Caxito, comentou que Hunter foi extremamente importante para a corporação. “Só tenho palavras de agradecimento e carinho para o Hunter e tudo que ele nos proporcionou ao longo de quase uma década. Ele é um de nossos referenciais na questão do Canil e vamos sentir falta dele, mas fico feliz que ele possa agora descansar e brincar em seu novo lar”, apontou.

De fato, o animal já desfruta de sua aposentadoria, merecida, e agora passa o dia se divertindo em um sítio na Estância Angelina, bairro do distrito de Palmeiras. “Ele está muito feliz após prestar tantos serviços para a comunidade e agora pode passar boa parte do tempo brincando. Estou até construindo o canil para que tenha um lugar só para ele”, informou o novo tutor de Hunter, Marcelo Gil, que o recebeu na última segunda-feira (03/10), por meio de doação da GCM.