A cidade de Ferraz de Vasconcelos (SP) completa 69 anos nesta sexta-feira (14) e, na mesma semana em que é comemorado o Dia das Crianças e o Dia de Nossa Senhora Aparecida (12), a prefeitura da cidade preparou a Festa Nordestina.

A Festa Nordestina recebe vários artistas e conta com parquinho para as crianças, praça de alimentação que traz comidas típicas e um ambiente decorado com a temática do Nordeste. A entrada para o evento é gratuita.


A comemoração começou na terça-feira (11), dia em que recebeu o cantor Régis Danese, já no feriado do dia 12, o show foi o de César Menotti e Fabiano.

Programação da Festa Nordestina

  • Terça-feira – 11/10 -Régis Danese
  • Quarta-feira – 12/10 – César Menotti e Fabiano
  • Quinta-feira – 13/10 – Diego e Victor Hugo
  • Sexta-feira – 14/10 – João Neto e Frederico
  • Sábado – 15/10 – Alceu Valença
  • Domingo – 16/10 – Os Barões da Pisadinha

O evento acontece no Complexo Esportivo Gothard Kaesemodel Júnior, mais conhecido como o antigo Birutão, localizado na Avenida Jânio Quadros, 48, no Parque Dourado.

Início da cidade de Ferraz de Vasconcelos

A cidade de Ferraz de Vasconcelos começou pequena e ligada ao município de Mogi das Cruzes, tendo como seu primeiro bairro, o Tanquinho, bairro que até Dom Pedro I passou. O bairro surgiu com a passagem de tropeiros pela cidade e após as migrações de famílias que buscavam condições favoráveis de clima e de fertilidade do solo. Segundo registros históricos, os membros da Família Leite foram os primeiros a estabelecer residência aqui, além de serem os primeiros fruticultores das terras que futuramente seriam ferrazenses.

Depois de diversos acontecimentos e de um visível avanço da futura Ferraz de Vasconcelos, foi construída a fábrica de lixas Gotthard Kaesemodel, que produz colas, lixas e papéis com a marca “Tatu”, tendo essa fábrica como uma grande determinante, surgiu a Vila Romanópolis, que começou a ser povoada e ter seus lotes vendidos, tornando-se bairro, após a construção da estação de Trem na década de 1920.

O nome da estação é uma homenagem ao engenheiro mineiro da Estrada de Ferro Central do Brasil, José Ferraz de Vasconcelos. José projetou a estação de trem da então Vila Romanópolis, assim, recebendo esta homenagem.

O nome da estação de trem era de um distrito de Poá, chamado distrito de Ferraz de Vasconcelos, após a emancipação de Mogi das Cruzes (Lei Estadual nº 233, de 24 de dezembro de 1948). Até que, em 14 de outubro de 1953, pela lei 2456, Ferraz de Vasconcelos se emancipou da cidade de Poá e foi para a categoria de município.