Por sugestão do vereador e ativista Claudio Roberto Squizato (PL), o serviço público local atualmente situado na Rua das Américas, 35, no Sítio Paredão, em Ferraz de Vasconcelos (SP), vai passar a ser chamado do Clínica Veterinária Municipal-Rafael Loureiro Rocha. Aliás, o projeto de decreto legislativo foi aprovado em primeira discussão na sessão ordinária, na terça-feira, dia 22. Com isso, o texto deve voltar à pauta na próxima terça-feira, dia 29, a partir das 9h.

Segundo Claudio Squizato, o homenageado vivia engajado nas causas sociais do Rotary Club e desenvolvia trabalhos voluntários em defesa da proteção animal na cidade. “Enfim, o nosso querido Rafa apoiava a causa animal e, por isso, estou propondo essa singela homenagem a ele”, explicou. O presidente da Câmara Municipal, Flavio Batista de Souza (Podemos), o Inha, também ressaltou o caráter generoso do jovem.

Rafael Loureiro faleceu precocemente aos 31 anos de idade, em 21 de janeiro de 2019. Na época, o jovem alegre e gente boa sofreu um acidente na piscina da sua casa, na Vila Maria Rosa, ao bater a cabeça e ter um traumatismo crânio encefálico. A fatalidade comoveu a cidade inteira, já que o Rafa era muito querido em Ferraz de Vasconcelos e região. Ele deixou os pais João Gomes e Maria Deolinda e uma legião de amigos.

Alento

A clínica veterinária pioneira na cidade tem capacidade para fazer 1,6 mil procedimentos mensais. No local, são atendidos animais de estimação de famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico). A instalação da unidade era uma reivindicação antiga de Claudio Squizato. O órgão é gerido em parceria entre a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Verde e Proteção Animal e a Associação de Clínicos Veterinários e Pequenos Animais  (Anclivepa). O custo anual é de R$2,3 milhões.

Por Pedro Ferreira