Seleções do grupo C e D da Copa do Mundo fizeram suas partidas nesta terça-feira (22) pela primeira rodada. Argentina, uma das seleções favoritas, foi superada pela subestimada seleção da Arábia Saudita. Tunísia e Dinamarca marcam o primeiro jogo empatado sem gols, porém, logo foram acompanhados por México e Polônia que também terminaram no 0 a 0.

“Estamos mortos. É um golpe muito duro. Não queríamos estrear dessa maneira.”, declarou o capitão argentino, Lionel Messi, após dura derrota para a Arábia Saudita. A equipe argentina garantia sua vitória por 1 a 0 com pênalti polêmico no primeiro tempo, porém, nos primeiros 10 minutos do segundo tempo, se viu sufocada após 2 gols da equipe árabe. Os gols da partida foram marcados por Lionel Messi, para a Argentina, e por Saleh e Salem Al-Dawsari, ambos para Arábia Saudita.

Ochoa defende pênalti cobrado por Lewandowski – Foto: Odd Andersen/AFP

A seleção dinamarquesa, uma das equipes favoritas, também decepcionou. Dinamarca não obteve uma boa atuação e se viu controlada pela Tunísia. Um jogo sem chances claras de gol, a melhor foi para seleção da Tunísia, com Jebali que recebeu uma cavadinha, mas errou o alvo. O jogo foi o primeiro 0 a 0 da Copa do Mundo no Catar.

México e Polônia também se mantiveram no 0 a 0. A equipe mexicana chegou com perigo logo nos primeiros minutos de jogo, o craque polonês, Robert Lewandowski, sobretudo não apresentou grande perigo ao México. O segundo tempo foi bastante disputado para ambas as equipes, Lewandowski sofreu um pênalti, porém, o goleiro Ochoa fez a alegria dos mexicanos ao defendê-lo.

“A vida é assim, fazia tempo que não pegava pênalti, fiz logo hoje. É algo maravilhoso, fico feliz.”, declarou o goleiro. Fato curioso é que o capitão polonês, apesar de já ter recebido duas vezes o prêmio de melhor do mundo, nunca balançou as redes em uma Copa do Mundo.

Já a França, atual campeã do mundo, goleou a seleção australiana em sua estreia, quebrando a maldição das últimas três copas, nas quais os campeões anteriores tropeçaram no primeiro jogo. Com diversos desfalques na seleção por conta de lesão, incluindo o vencedor da Bola de Ouro, Benzema, a seleção francesa garantiu 4 gols em sua estreia contra 1 da Austrália. A seleção australiana abriu o placar com Goodwin, mas foi superada pela França com gols de Mbappé, Rabiot e dois gols de Giroud.

Por Heloísa Durand, sob supervisão de Lucas Augusto