sábado, junho 25, 2022
Início Site

Homem é esfaqueado na Estação Luz da CPTM nesta sexta-feira (24)

Um homem foi esfaqueado na estação Luz da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) na tarde desta sexta-feira (24). A vítima foi encaminhada ao hospital e o suspeito foi detido.

Segundo o relato de passageiros, a vítima foi esfaqueada por volta das 16h45 na área de transferência entre a CPTM e o Metrô. Também foi relatado que com o ocorrido houve correria e gritaria dentro do túnel.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado e socorreu o homem ferido, levando-o ao Pronto Socorro da Santa Casa no bairro da Santa Cecília.

De acordo com o delegado do Garra/DOPE, Eduardo Brotero, o agressor está detido na Delegacia de Polícia do Metropolitano (DELPOM) na estação Palmeiras-Barra Funda.

Ainda segundo o delegado, a facada ocorreu após uma discussão entre o agressor e a vítima.

Em nota, a CPTM informou que o agressor foi detido e que a empresa colaborará para elucidar a situação.

“Por volta das 16h50 desta sexta-feira (24/06) uma pessoa foi esfaqueada na Estação Luz, que atende as Linhas 7-Rubi e 11-Coral da CPTM, no saguão inferior. O infrator foi detido e será encaminhado à autoridade policial.

A vítima foi encaminhada ao Pronto Socorro pelo Samu.

A CPTM irá colaborar com todas as informações necessárias para elucidar a situação.”

Ministério da Justiça determina que TikTok retire conteúdos impróprios para menores de idade

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), que é ligada ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, determinou que o aplicativo TikTok retire conteúdos impróprios para menores de 18 anos no Brasil.

O despacho foi assinado por Laura Postal Tirelli, da Senacon, e publicado no Diário Oficial da União (DOU) nesta sexta-feira (24). Após ser notificada, a empresa tem 72 horas para remover os conteúdos sob pena de multa diária de R$ 1 mil.

Em nota, o TikTok informou que ainda não foi notificado oficialmente da decisão, mas ressalta que a plataforma remove conteúdos em desacordo com as diretrizes da comunidade e que também não permite menores de 13 anos no aplicativo.

Medidas determinadas pela Senacon:

Na modalidade de acesso irrestrito, que é quando o usuário consegue acessar o app sem ter conta no aplicativo, deve ser feita a suspensão integral de materiais impróprios para menores de 18 anos, envolvendo, por exemplo, mas não somente, uso de drogas, sexualização, jogos de azar e violência.

Na modalidade de acesso restrito, que é quando é necessária uma conta criada e com login realizado para acessar o conteúdo, a suspensão integral de conteúdos impróprios para menores de 18 anos deve ser feita até que o sistema de segurança da plataforma, que impede o cadastro de menores de 13 anos de idade e limita o acesso a todo o conteúdo por menores de 16 anos, seja aperfeiçoado “de modo que a idade dos usuários seja verificada de maneira eficaz pela representada”, diz o despacho.

Em nota, o TikTok afirmou que tem medidas para combater conteúdos impróprios para menores de 18 anos.

“A segurança da comunidade do TikTok é nossa maior prioridade e temos políticas, processos e tecnologias robustas para ajudar a proteger todos os usuários, principalmente os nossos membros mais jovens. Para garantir um ambiente seguro para todos, nossas Diretrizes da Comunidade deixam claro os conteúdos que não são permitidos em nossa plataforma, como por exemplo violência e conteúdos explícitos, que serão removidos assim que identificados. Fazemos parceria com especialistas e organizações de segurança para apoiar este trabalho e dialogamos com líderes do setor para promover medidas de segurança dos jovens no TikTok, entre elas definir contas com menos de 16 anos como privadas por padrão e permitir que os pais vinculem suas contas às de seus filhos por meio da Sincronização Familiar”, diz a nota.

Secretário de Saúde confirma transmissão local de varíola dos macacos na cidade do Rio

O secretário municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Rodrigo Prado, afirmou nesta sexta-feira (24) que já há transmissão local da varíola dos macacos na cidade.

Na noite desta quinta-feira (23), a secretaria notificou mais dois casos na cidade, sendo eles de dois homens, de 25 e 30 anos, que não viajaram para o exterior nem tiveram contato próximo com viajantes.

“Os nossos dois confirmados aqui ontem [quinta] não têm história de viagem, não têm história de contato com caso suspeito ou confirmado”, disse Prado. “O que configura transmissão local.”

Até a tarde desta sexta-feira, o município do Rio tinha confirmado três casos. Todos com boa evolução clínica e seguindo em isolamento domiciliar, além de serem monitorados diariamente, assim como os seus contatos próximos, que não apresentaram sintomas.

São Paulo

O estado de São Paulo confirmou transmissão local na última quinta-feira (23). Foram três casos autóctones (de transmissão local) confirmados pelo Ministério da Saúde. São três pacientes homens, moradores da capital paulista, com idades entre 24 e 37 anos e sem histórico de viagem para países com casos confirmados.

Os casos de SP ainda estão sendo investigados para a busca de vínculos de transmissão. Os pacientes seguem isolados, com quadro clínico estável e sendo monitorados pelas Secretarias de Saúde do estado e do município.

“O Ministério da Saúde, por meio da Sala de Situação e do CIEVS Nacional, segue em articulação direta com o estado de São Paulo para monitoramento dos casos e rastreamento dos contatos. A pasta orienta que casos suspeitos sejam notificados imediatamente”, diz nota.

Sintomas e formas de transmissão

Segundo a OMS e o Centro de Controle de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, é possível se infectar por contato com o vírus, através de um animal, pessoa ou materiais infectados. Além disso, a mãe pode transmitir o vírus para o feto através da placenta ou até após o parto, pelo contato pele a pele.

Outras formas de transmissão também incluem contato direto com fluidos corporais como sangue e pus, secreções respiratórias ou feridas de alguém infectado, durante o contato íntimo, abraçar ou tocar partes do corpo com feridas causadas pela doença. Úlceras, lesões ou feridas na boca também podem ser infecciosas, logo, o vírus pode ser transmitido pela saliva.

Quem contrai a varíola dos macacos deve sentir, inicialmente, febre, dor de cabeça, dores musculares, dor nas costas, gânglios (linfonodos) inchados, calafrios e exaustão.

“Depois do período de incubação [tempo entre a infecção e o início dos sintomas], o indivíduo começa com uma manifestação inespecífica, com sintomas que observamos em outras viroses: febre, mal-estar, cansaço, perda de apetite, prostração”, explica Giliane Trindade, virologista e pesquisadora do Departamento de Microbiologia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Entre 1 e 3 dias após o aparecimento da febre, o paciente desenvolve uma erupção cutânea, que normalmente começa no rosto e se espalha para outras áreas do corpo. Em alguns casos, o tempo até o aparecimento da erupção cutânea pode ser maior que 3 dias.

“O que é um diferencial indicativo: o desenvolvimento de lesões – lesões na cavidade oral e na pele. Elas começam a se manifestar primeiro na face e vão se disseminando pro tronco, tórax, palma da mão, sola dos pés”, explica Trindade, consultora do grupo criado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações para acompanhar os casos de varíola dos macacos.

Vereador Claudio Ramos destaca construção de mureta de proteção no Jardim Ferrazense

Articulada desde o início pelo vereador Claudio Ramos Moreira (PT), a construção de uma mureta de proteção na divisa do Córrego Ribeirão do Itaim na margem direita (sentido centro-bairro), na Rua Benjamin Constant, no Jardim Ferrazense, finalmente, foi concluída pela prefeitura de Ferraz de Vasconcelos. A obra de cerca de 300 metros de extensão, era uma reivindicação antiga dos moradores da via pública sem saída.

Com isso, hoje, os habitantes comemoram o término dos serviços executados pela construtora Forti, de Suzano, já que antes sem a mureta de proteção corriam o sério risco de ter a Rua Benjamin Constant inundada e, consequentemente, as suas casas. Em razão disso, os moradores aproveitaram para agradecer ao vereador Claudio Ramos por ter cobrado a obra junto ao setor competente da municipalidade.

Agora, resolvido o problema que tanto angustiava os munícipes, eles querem um novo asfalto e, ao mesmo tempo, a limpeza de trecho da calçada, assim como a instalação de uma galeria para evitar o transbordamento, ou seja, a invasão de água, sobretudo, em dia de temporais. Por sua vez, Claudio Ramos prometeu que vai solicitar as obras pleiteadas pela comunidade perante o governo municipal.

Além disso, o petista destacou que foi determinante o compromisso político da deputada estadual, Maria Izabel Azevedo Noronha (PT), a Professora Bebel, tendo em vista, que a parlamentar paulista destinou uma verba de R$100 mil para bancar as obras de construção da mureta de proteção. No total, os serviços custaram um pouco mais de R$108 mil. “Por isso, o nosso muito obrigado a Professora Bebel”, diz Ramos.

Gratidão

O vereador também fez questão de agradecer à prefeita da cidade, Priscila Gambale (PSDB), e ao secretário municipal de Obras, Antônio Carlos Ferreira dos Santos, o Carlinhos. Afinal de contas, sem o empenho da gestora e do seu auxiliar direto, o projeto-executivo não teria saído do papel. “Agora, vou levar o restante das demandas dos moradores para resolver de vez a situação da Rua Benjamin Constant”, concluiu.

Por Pedro Ferreira

Prefeitura de Ferraz responde sobre piscina não usada que se tornou um potencial foco de dengue em escola municipal

A EMEB Professora Primorosa Jorge do Nascimento, que fica na Vila Santo Antônio, em Ferraz de Vasconcelos (SP), possui uma piscina que não está em uso e, no momento, está coberta por uma lona que acumula água parada. O local é um potencial foco de dengue.

A piscina está sem uso e alunos questionam sobre quando poderão ter acesso

País de alunos reclamam da sujeira que se acumula na água, além disso, há relatos de sapos no local. Além dos potenciais focos de dengue na área da piscina, o próprio bairro em que a escola se encontra vem registrando casos da doença transmitida pelo Aedes aegypti.

A TV Cenário entrou em contato com a prefeitura de Ferraz de Vasconcelos e recebeu a resposta de que uma empresa já foi contratada para realizar a limpeza da piscina entre hoje (24) e sábado (25).

Os alunos também questionam sobre quando poderão ter acesso à piscina que, até o momento, não foi usada.

Tonho critica a falta de monitoramento eletrônico nas escolas municipais de Ferraz de Vasconcelos

Para conter atos de vandalismo em escolas municipais de Ferraz de Vasconcelos como infelizmente vem acontecendo nas últimas semanas, sobretudo, na região da Vila Santa Margarida, o vereador Antônio Carlos Alves Correia (Republicanos), o Tonho, questionou a falta de monitoramento por câmeras de segurança nas unidades de ensino, na sessão ordinária, na terça-feira, dia 21. Segundo ele, somente até o último final de semana, quatro escolas sofreram ação criminosa, ou seja, foram atacadas pela bandidagem.

Ainda, para o vereador, além de estar à mercê dos meliantes, as unidades de ensino também padecem da falta de infraestrutura básica, já que uma boa parte delas não dispõe, por exemplo, de acesso à internet. Com isso, os próprios servidores usam os seus aparelhos para assim poder desenvolver algumas tarefas inerentes às suas atividades escolares. “Aliás, já venho há muito tempo cobrando uma posição da Prefeitura Municipal sobre esse grave problema registrado nas escolas locais”, diz Tonho.

Por isso, o parlamentar aproveitou a audiência pública presencial e virtual da prestação de contas da Educação em relação ao ano passado, na quarta-feira, dia 22, na Câmara Municipal, para reiterar pessoalmente uma solução da titular da pasta, a professora Paula Trevizolli. Em resposta, a educadora disse que o órgão contratou uma empresa para fazer o levantamento da presença de câmeras de segurança nas escolas e mediante o resultado, que, aliás, deverá ser entregue nesta quinta-feira, adotará as medidas cabíveis.

Na prática, a tendência é que em breve todas as unidades de ensino sejam vigiadas por vigilância eletrônica integrada à central de monitoramento gerenciada pela Guarda Civil Municipal (GCM). Já no tocante à falta de internet, a secretária informou que das 47 escolas municipais, 36 foram contempladas com o programa federal Escola Conectada e apesar da cobrança insistente à União não respondeu quando o restante será finalmente beneficiado. A saída poderá ser o acesso por meio da rede de fibra óptica local.

No limite

Além de denunciar a onda de violência recente contra o patrimônio nas escolas municipais, o vereador Tonho também fez um verdadeiro desabafo em razão da lamentável frequência de arrastões, principalmente, nas primeiras horas do dia contra trabalhadores indefesos. De acordo com ele, os marginais estão atacando operários e levando até mesmo a marmita. “Enfim, a bandidagem não respeita mais nada”, disparou. Para ele, o cidadão está refém dos meliantes. O parlamentar cobrou mais policiamento.

Por Pedro Ferreira

‘Luva de Pedreiro’: ameaça de rescisão e pausa nas redes, entenda a polêmica envolvendo empresário

Jovem de 20 anos se tornou sucesso mundial pelos gols e comemorações marcados em um campo de terra; Empresário se manifestou nas redes

Após o influenciador Iran Ferreira, mais conhecido como o “Luva de Pedreiro”, ter feito um desabafo e anunciar uma pausa nas redes sociais, polêmicas envolvendo o empresário tem vindo à tona. Dias depois, o jovem de 20 anos voltou a publicar os seus tradicionais vídeos de finalização com seus famosos bordões, mas um detalhe chamou a atenção dos seus seguidores.

Quem acompanha o influencer notou que todas as menções ao empresário Allan de Jesus em seu Instagram foram removidas e horas depois a agência se manifestou em um comunicado. Em nota, a ASJ Consultoria informou que recebeu as notícias através da imprensa e que não foi informado sobre qualquer tentativa de rescisão entre as partes e citou um risco de quebra contratual. O empresário afirma que tem contrato com Luva de Pedreiro até 2026.

“Se alguma das partes desejar efetivamente rescindir o contrato vigente, além de respeitar a forma acordada para tanto, deverá comunicar a outra oficialmente de sua decisão”, disse o empresário.

No comunicado, o empresário destacou ainda que tudo que foi exposto até o momento “são indícios espalhados pela internet e notícias que dariam conta de um suposto novo agenciamento, o que em tese poderia configurar quebra de exclusividade”.

Toda a história ganhou mais força nas redes sociais quando o colunista Leo Dias disse que o jovem conta com novos empresários, e que em sua conta bancária teria somente cerca de R$ 7.500.

Allan de Jesus também afirmou estar disponível para “demonstrar a regularidade” de seu trabalho em relação ao influencer. “De qualquer modo, instado a se manifestar ou demonstrar a regularidade de seus atos, a ASJ o fará com muita tranquilidade, abrindo a quem de direito todos os contratos, documentos, extratos e o que mais for necessário.”

Pausa

Em desabafo, Iran Ferreira anunciou que vai dar uma pausa nos vídeos — Foto: Reprodução

Em desabafo, Iran Ferreira anunciou que vai dar uma pausa nos vídeos — Foto: Reprodução

No último domingo, o ‘Luva’ fez uma transmissão ao vivo e anunciou uma pausa nos vídeos. “Graças a Deus, pai. Estou pelos meus seguidores. O que meus seguidores falarem comigo aí… Tá ligado? Eu não bebo não, parceiro. Estou são. Tá ligado? Mas eu quero desabafar nessa p… Estou de saco cheio, já”, disse o influenciador, que prosseguiu com muitos palavrões:

“Um abração para vocês aí. Nesses dias aí eu não posto vídeo não. Vou ficar uns tempos aí… Tá ligado? Sem postar vídeo. Eu vou esfriar a cabeça, pô! Ficam enchendo o saco do cara. Pô. Seguir essa p… é sozinho. Deus e meus fãs, mano. Fod… o resto é o resto”.

Fonte: oGlobo

Saiu o edital para o concurso de soldado da PM – SP e a Alfa Brasil tem uma ótima oportunidade

Confira mais sobre o curso preparatório da Alfa Brasil de Poá para o concurso público de soldado da PM – SP.

Turmas durante a semana

  • Início: 04/07/2022 e término em 02/09/2022
  • Período noturno, das 19h10 às 22h e agora será de segunda a sexta-feira

Turmas aos sábados

  • Início: 02/07/2022 e término em 03/09/2022
  • Aulas das 08h às 16h

A banca que promove o concurso mudou e a Alfa Brasil já está com o material todo atualizado e totalmente focado no edital. O curso é 100% presencial. Garanta a sua vaga!

Estude na Alfa Brasil e conte com professores qualificados e alto índice de aprovação na carreira militar!

Delegado aponta ‘interferência’ no caso Milton Ribeiro

A Polícia Federal divulgou uma nota nesta quinta-feira (23) que anuncia a abertura de um procedimento interno para apurar uma possível interferência na operação que levou à prisão do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro. Ele foi solto na tarde desta quinta-feira por ordem do desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1).

“Considerando boatos de possível interferência na execução da Operação Acesso Pago e objetivando garantir a autonomia e a independência funcional do Delegado de Polícia Federal, conforme garante a Lei nº 12.830/2013, informamos que foi determinada a instauração de procedimento apuratório para verificar a eventual ocorrência de interferência, buscando o total esclarecimento dos fatos”, diz o texto da nota.

Em mensagem interna a colegas da PF, o delegado Bruno Callandrini disse que houve “decisão superior” para que Milton Ribeiro não fosse transferido para Brasília, conforme determinação judicial emitida na quarta-feira por um juiz federal. Após o jornal “Folha de S.Paulo” publicar a informação, a TV Globo teve acesso à mensagem.

O delegado escreveu que em razão da “decisão superior” ele deixou de ter “autonomia investigativa e administrativa para conduzir o Inquérito Policial deste caso com independência e segurança institucional”.

“Falei isso ao Chefe do CINQ [Coordenação de Inquérito nos Tribunais Superiores, da Polícia Federal] ontem, após saber que, por decisão superior, não iria haver o deslocamento de Milton Ribeiro para Brasília e manterei a postura de que a investigação foi obstaculizada ao se escolher pela não transferência de Milton a Brasília à revelia da decisão judicial”, escreveu o delegado na mensagem.

O delegado também diz que foram concedidas ao ex-ministro “honrarias não existentes na lei”.

“O principal alvo, em São Paulo, foi tratado com honrarias não existentes na lei, apesar do empenho operacional da equipe de Santos que realizou a captura de Milton Ribeiro, e estava orientada, por este subscritor, a escoltar o preso até o aeroporto em São Paulo para viagem a Brasília”, escreveu.

Soltura do ministro

Milton Ribeiro foi solto na tarde desta quinta-feira, por volta das 15h, ele estava na capital paulista. A soltura veio depois de o desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), cessar a prisão preventiva determinada pelo juiz federal Ricardo Borelli, da 15ª Vara da Justiça Federal de Brasília.

Borelli havia determinado a transferência de Milton Ribeiro para Brasília, onde seria ouvido em audiência de custódia no início da tarde. Porém, a Polícia Federal disse que, naquele momento, estava sem condições “logísticas” de transportar o ex-ministro de São Paulo para Brasília.

Ribeiro foi preso na quarta-feira (22) pela Polícia Federal. O ex-ministro é investigado por corrupção passiva, prevaricação, advocacia administrativa e tráfico de influência por suposto envolvimento em ume esquema para liberação de verbas do Ministério da Educação (MEC). O suposto esquema envolve pastores que teriam prometido a prefeitos a liberação de verbas do ministério mediante pagamento de propina.

Confira a mensagem que o delegado responsável pelas investigações enviou a colegas

Muito obrigado a todos pelo empenho na execução da Operação Acesso Pago.

A investigação envolvendo corrupção no MEC foi prejudicada no dia de ontem em razão do tratamento diferenciado concedido pela PF ao investigado Milton Ribeiro.

Vejo a operação policial como investigação na essência e o momento de ouro na produção da informação/prova.

O deslocamento de Milton para a carceragem da PF em SP * é demonstração de interferência na condução da investigação, por isso, afirmo *não ter autonomia investigativa e administrativa para conduzir o Inquérito Policial deste caso com independência e segurança institucional.

Falei isso ao Chefe do CINQ ontem, após saber que, por decisão superior, não iria haver o deslocamento de Milton Ribeiro para Brasília, e, manterei a postura de que a investigação foi obstaculizada ao se escolher pela não transferência de Milton a Brasília à revelia da decisão judicial.

As equipes de Gyn, Brasília, Belém e Santos, que cumpriram a missão de ontem, trabalharam com obstinação nas ruas e no suporte operacional, um trabalho hercúleo para o cumprimento dos mandados durante a Operação Acesso Pago, literalmente se esforçaram 24/7 e foram aguerridos em capturar todos os alvos. Faço referência especial às equipes de GYN que, mesmo após a prisão, ainda escoltaram os presos via terrestre, para a SR/PF/DF, incontinenti.

No entanto, o principal alvo, em São Paulo, foi tratado com honrarias não existentes na lei, apesar do empenho operacional da equipe de Santos que realizou a captura de Milton Ribeiro, e estava orientada, por este subscritor, a escoltar o preso até o aeroporto em São Paulo para viagem à Brasília,

Quantos presos de Santos, até ontem, foram levados para a carceragem da SR/PF/SP?

É o que tinha a manifestar em lealdade a vocês que cumpriram a missão de ontem com o espírito do verdadeiro policial federal.

Abraço.”

Programa “Poá Mais Luz” disponibiliza aplicativo e site para atendimento à população poaense

O programa “Poá Mais Luz”, lançado em fevereiro deste ano, pela administração municipal já recuperou cerca de 2,9 mil pontos de iluminação em diversos bairros da cidade. Agora, para agilizar este processo, além do 0800 591 0459, a Prefeitura disponibiliza para atendimento direto à população o aplicativo “Poá IP” para celulares com sistema Android (IOS em desenvolvimento), além do site poa.notificacao.gestoriluminacaopublica.com.br.

A iniciativa tem como finalidade promover a recuperação da praça de iluminação do município. Segundo o secretário de Governo e Serviços Urbanos, Marcio Borzani, o município ainda conta com muitos pontos escuros, em virtude da iluminação pública ter ficado muitos anos sem a devida manutenção, mas já é possível perceber as melhorias realizadas por meio do programa.

“Temos muito trabalho a fazer ainda, mas os resultados já estão aparecendo, são quase três mil pontos recuperados por meio de trocas de lâmpadas e manutenção de reatores e fotocélula, por exemplo. O objetivo é acelerar esta ação e, para isso, estamos disponibilizando o site e o aplicativo para, junto com o telefone 0800, melhorar ainda mais este canal direto com a população. Por meio destes canais, o munícipe pode relatar os locais que apresentam problema para que a empresa responsável pela manutenção possa resolver o quanto antes”, afirmou o secretário. Vale ressaltar que o aplicativo está disponível apenas para o sistema Android e, nos próximos dias, será disponibilizado para o sistema IOS.

Por meio do aplicativo “Poá IP” e do site poa.notificacao.gestoriluminacaopublica.com.br, o munícipe pode cadastrar a sua notificação ou consultar o status da sua notificação. “O programa Poá Mais Luz já percorreu todos os bairros do município, sendo uma grande parte destas ações como atendimento às demandas feitas pela população por meio do telefone 0800. Desde o início do programa, a prefeita Marcia Bin já havia solicitado a ampliação destes canais de comunicação para atendimento à população e, agora, poderemos realizar este procedimento de forma mais rápida e eficiente”, finalizou Marcio Borzani.

Últimas notícias